C de Chakras

Atualizado: 13 de Jul de 2020


Chakras são centros que captam e distribuem a energia vital. São pontos de conexão ou enlace pelos quais flui a energia de um a outro veículo ou corpo do ser humano, transformando a energia psicofísica em energia espiritual. Estes centros têm sua sede no prána-maya-kosha ou corpo sutil, no corpo físico temos os correspondentes que são os plexos nervosos e as glândulas endócrinas.


A distribuição da energia vital entre os chakras é feita através dos canais energéticos ou nádis. Os nádis percorrem o corpo sutil distribuindo prána por todo o corpo e vivificando o corpo físico. Prána é a energia que cria vida, matéria e mente, é o meio pelo qual o sutil e o denso no organismo humano são conectados.


Os três principais nádis são Ida (polaridade lunar; inicia no testículo esquerdo no homem e na mulher, no ovário esquerdo; termina na narina esquerda; energia passiva, mental, feminina, negativa, fria, luz, interna, intuitiva, subjetiva; sistema nervoso parassimpático; hemisfério direito do cérebro), Pingala (polaridade solar; inicia no testículo direito e no ovário direito e termina na narina direita; energia ativa, vital, masculina, positiva, quente, sol, externa, lógica, objetiva; sistema nervoso simpático; hemisfério esquerdo do cérebro) e Sushumna (canal central; emerge da base da coluna até o topo da cabeça, no Sahasrara Chakra; sistema nervoso central; por onde desperta Kundaliní).

Os chakras se localizam ao longo do eixo da coluna vertebral, exatamente nos pontos de interseção dos três nádis (Ida, Pingala e Sushumna). Os principais chakras são sete e estão dispostos no Sushumna Nadí, atuando diretamente no comportamento e na qualidade vital do corpo físico. A energia influenciada pelos elementos (terra, água, fogo, ar e éter) se move pelos chakras, produzindo diferentes estados psíquicos, podendo ficar bloqueados devido a tensões constantes ou baixa autoestima. Através de situações externas e hábitos internos, a energia do chakra pode ser insuficiente ou excessiva, portanto, desequilibrada. A prática de Hatha Yoga proporciona um estado físico e mental equilibrado, tornando o praticante o melhor amigo do seu próprio corpo.

A partir do sistema cerebrospinal que toda a forma corporal se materializa. Trata-se de um sistema que gera energia elétrica, tendo uma rede de nervos que servem de conectores. O cérebro produz energia elétrica o tempo todo e é através dos nervos esta energia é distribuída, proporcionando força vital. O cérebro inferior encontra-se na parte posterior e na base do crânio, o cerebelo, é o órgão da mente subconsciente, sendo também conhecido como cérebro mecânico ou reptiliano.


O sistema cerebrospinal controla o funcionamento de todo o corpo humano, os chakras são ativados por meio desse sistema. De acordo com o conhecimento yogui, para que haja um funcionamento equilibrado os dois cérebros devem estar em harmonia, o cérebro superior (córtex cerebral; o organismo da consciência; inspiração e livre pensamento; associa-se ao sexto e sétimo chakras) e o cérebro inferior (tronco cerebral; sede da mente consciente; código genético e instintos básicos ligados aos cinco chakras inferiores). E há também o mesencéfalo, que fica entre o cérebro superior e inferior, que se associa às emoções e aos sentimentos mais puros e está ligado ao quarto, quinto e sexto chakras.


Estudos apontam que existe um conflito entre o cérebro superior e inferior, devido aos padrões de comportamento que são influenciados e afetados por eles. Estes estudos apontam uma dualidade na natureza humana, que se apresentam de forma concreta na presença de dois hemisférios na parte superior do cérebro (grande cérebro). E nesta dualidade, o ser humano pode viver imerso em problemas e complexos. Para solucionar esta dicotomia, é preciso unir a parte superior e inferior do cérebro e seus hemisférios: esquerdo e direito. Através do Yoga é possível atingir esta união e este equilíbrio entre o consciente e o subconsciente. No nível sútil, unir a consciência individual e a consciência cósmica.

  • Cérebro superior: sutil; inteligência; não violência; desapego.

  • Cérebro inferior: denso; instinto; agressividade; apego.


Tabela do livro "A Senda do Yoga" - Maria Laura Garcia Packer (p. 48, 49)



Referências Bibliográficas:

JOHARI, Harish. Chakras: centros de energia de transformação. São Paulo: Pensamento, 2010.


PACKER, Maria Laura Garcia. A senda do yoga: filosofia, prática e terapêutica. Blumenau: Nova Letra, 2009.


56 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Youtube

© 2020 Jardim Yoga. Londrina - PR

 

Por                     

credits-branco.png